domingo, 25 de novembro de 2007

Ontem

Ontem foste embora e não disseste adeus...
E eu verguei e quebrei e ao tocar o solo fiz-me em mil. Das brumas surgiram dez mil mãos, que me ergueram e me ensinaram o colar das peças. Mas mesmo inteiro, pergunto-me porque
Ontem foste embora e não disseste adeus...

2 comentários:

amarelo-torrado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
amarelo-torrado disse...

may the rain wash away your worries...